Loyola Brandão vence prêmio Machado de Assis


Guilherme Gonçalves/ABL

Guilherme Gonçalves/ABL

Ignácio de Loyola Brandão foi o vencedor da edição 2016 do Prêmio Machado de Assis pelo conjunto de sua obra. A Academia Brasileira de Letras, até 2015, concedia prêmios em diversas áreas. A partir deste ano, apenas o Prêmio Machado de Assis será o representativo da ABL, intercalando as áreas de Literatura e de Humanas. O anúncio foi feito pela entidade nesta quinta-feira (7). O autor paulista receberá R$ 300 mil e um diploma, que serão entregues em solenidade no Salão Nobre do Petit Trianon no dia 20 de julho, quando a ABL comemora 119 anos.

O processo para a escolha do vencedor do Machado de Assis passa primeiro por uma lista tríplice, entregue pelos acadêmicos. Considerados os nomes mais votados, a diretoria cria uma nova lista e a apresenta ao plenário em ordem alfabética, a partir da qual o ganhador é eleito por votação secreta.

Loyola Brandão começou sua carreira literária em 1965 com o lançamento do livro de contos Depois do Sol. Autor de mais de trinta livros, teve obras traduzidas para diversas línguas. Em 2008, venceu o Prêmio Jabuti de melhor livro de ficção do ano com o romance O Menino que Vendia Palavras, e agora, prestes a comemorar 80 anos, Loyola se prepara para lançar um livro de crônicas em evento que contará com sessão de autógrafos e apresentação do show literomusical “Solidão no fundo da agulha”, ao lado de sua filha Rita Gullo, em São Paulo. Clique aqui e saiba mais sobre o evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *